Domingo, 26 de Junho de 2011

Sobre a proposta de Primárias de Assis (e o recente boicote do PS ao mesmo tema) Categoria - Política

Francisco Assis lançou estes dias a ideia dos representantes políticos do PS a diversos actos eleitorais serem internamente seleccionados através de um processo de primárias, aberto a militantes e cidadãos.

É uma boa ideia, na generalidade, que acompanha o que diversos Partidos Socialistas europeus tem promovido recentemente (como o PS francês ou o PD italiano). Inclusive o próprio Partido Socialista Europeu, depois de ter reconhecido em Praga (2009) a necessidade de apresentar um candidato próprio ao lugar de Barroso (em 2014) –proposta boicotada em 2009 pelo apoio do PS português, do PSOE e do Labor inglês a Barroso, recorde-se (!!) – promove agora um sistema de selecção democrático para a escolha desse mesmo candidato.

Este sistema de primárias agora promovido pelo Partido Socialista Europeu resultou de uma iniciativa lançada pelos PES Activists (dinâmica de militância europeia no seio da família socialista europeia) e onde os PES activists Portugal foram muito activos, procurando de diversas formas o envolvimento do Partido Socialista português. Infelizmente, o PS português pouco apoiou estas iniciativas e nunca de mostrou disposto em apoiar, debater ou em se envolver em tal processo, demonstrando total desdém sobre estas matérias.

Por isso, saúdo a vontade agora expressa por Francisco Assis, que julgo não andar longe das ideias que António José Seguro terá sobre estas matérias (a confirmar).

Em todo o caso, é importante reconhecer que os candidatos à liderança do PS se preocupam com estas temáticas, mesmo que para isso seja necessário reconhecer que o Partido, nestes últimos anos, se afastou totalmente da linha modernizadora que pretende construir modelos políticos inclusivos e participativos.

Como militante socialista activo na promoção de um sistema de primárias ao nível europeu, regozijo-me por esta ideia de primárias internas (que consecutivamente apresentei ao PS nestes anos, sendo consecutivamente negligenciada) ter finalmente atingido maturidade suficiente para estar a ser agora levada em conta. O Partido Socialista só ganha, quando o debate se eleva e se discutem propostas de qualidade. É o que espero desta eleição interna. 

(em stereo no Blogue de Esquerda da Sábado)

publicado por politicadevinil às 17:53
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.posts recentes

. Damnatio memoriae

. Liberais traídos

. Um acto de primeiríssima ...

. Circuito fechado

. Eunucos sem pio

. Olá ò vida malvada

. Madiba e as vacas sagrada...

. Ser LIVRE

. O senhor que se segue

. A importância de um candi...

.arquivos

. Abril 2014

. Janeiro 2014

. Maio 2013

. Abril 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

blogs SAPO

.subscrever feeds